terça-feira, 1 de novembro de 2016

Na verdade

No fundo eu acho que me odeio. Eu sei que tenho o amor dos outros, me soa absurdo que eu pareça ser mais gostável para os outros do que pra mim. Não acho que eu valha a pena. Acho que o fundo de tudo é que eu desisti de mim, pq eu era algo que só fazia sentido com a minha mãe. Não me importo muito comigo.

Mas não faz muito sentido eu me sentir tão culpada e tão lixo. No mundo existe muita gente bem maia competente que eu, e com vida difícil de verdade, é verdade, mas também tem gente pior que eu. Se aquelas pessoas não são um desperdício de oxigênio e espaço, porque eu seria?

Nenhum comentário:

Postar um comentário